04 de julho

GDF - Administrações Regionais
6/02/20 às 15h47 - Atualizado em 18/03/20 às 16h13

AÇÃO REFORÇADA NO COMBATE AO MOSQUITO DA DENGUE NO SIA

IMÓVEIS FECHADOS NO SIA SERÃO VISTORIADOS

 

Acontece nos dias 05 e 06 de fevereiro, no Setor de Indústria e Abastecimento – SIA, um mutirão de limpeza e eliminação de criadouros do mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya. Vários órgãos do distrito federal, como: ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO SETOR DE INDÚSTRIA E ABASTECIMENTO – DEFESA CIVILSECRETARIA DE GOVERNOSECRETARIA DE SAÚDESECRETARIA EXECUTIVA DAS CIDADESSLU – CORPO DE BOMBEIROS ( que disponibilizou 20 bombeiros ) e DIVAL ( com 5 agentes de Vigilância Ambiental ), que se juntaram nesta missão de exterminar a Dengue. Os agentes devem realizar a fiscalização e eliminação dos criadouros dos insetos com intensidade nos imóveis fechados do SIA. Todos estarão mobilizados na campanha “ TODOS JUNTOS CONTRA O AEDES AEGYPTI NO SIA ”!
 
Em todo o SIA, mutirões, limpezas e eliminação de criadouros, já vem sendo realizado pela administração desde junho de 2019, e visam combater o mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya.
 
Neste ano, além das atividades programadas por cada RA, a campanha estadual contra a DENGUE no SIA, acontece junto com o programa FORÇA-TAREFA GDF PRESENTE, que está presente e realizando diversos serviços em todos os setores do Setor de Indústria e Abastecimento – SIASAAN SOFN desde, segunda-feira, 03/01/2020, e permanecerá presente até sexta-feira, 07/01/2020, juntamente com toda à equipe da Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento.
 
Voltando a campanha “TODOS JUNTOS CONTRA O AEDES AEGYPTI NO SIA”, os trabalhos terão ênfase de campo para combater a proliferação do mosquito em áreas públicas, com apoio de órgãos públicos em geral.
 
As inspeções serão realizadas em mais de 100 estabelecimentos por meio de monitoramento realizado com drones do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. As intervenções serão realizadas com apoio dos militares do CBMDF e agentes de vigilância ambiental da SES/DIVAL.
 
Existem cerca de 100 imóveis fechados que precisam de verificação.

 

DENÚNCIAS
Denúncias de locais que possam servir de potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, podem ser feitas por meio do número 61 3403 6900.
 
Nos ajude no combate do mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya!
 
PREVENÇÃO
A dengue é uma doença que precisa da compreensão e ação de toda a população para afastar o local onde o mosquito vive e se reproduz. Para isso, basta não deixar água acumulada, fechar bem sacos de lixo e lixeiras, remover folhas e galhos das calhas, manter a caixa d’água sempre bem fechada e encher de areia os pratinhos de plantas.
 
Qualquer recipiente, como tampa de garrafa, pneus e outros que possam acumular água das chuvas, deve ser eliminado ou armazenado em local coberto, pois pode se tornar um depositório de ovos do mosquito e, consequentemente, ser um foco da doença.
 
SINTOMAS
Para qualquer um dos quatro tipos de dengue, o indivíduo pode apresentar febre, com duração menor que uma semana, associada a dois dos seguintes sintomas: dor de cabeça, dores musculares, dor atrás dos olhos, dor nas juntas, sensação de cansaço e manchas avermelhadas espalhadas pela pele. Todo paciente com esses sintomas deve procurar um médico para avaliação, pois somente com o exame físico e laboratorial poderá ser feito o diagnóstico e tipo de tratamento adequado, hospitalar ou domiciliar.
 
Confira as fotos:
 
INSTALAÇÃO DA BASE DE APOIO:
 

 

FOTOS DA OPERAÇÃO COM OS DRONES:

 

AÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO

RECOLHIMENTO DE ENTULHOS NA CONSTRUTORA IRFASA:

 

AÇÕES NO COMBATE AO MOSQUITO EM TERRA:

 

ENTREVISTAS ADMINISTRADOR HELIO AVEIRO:

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros