20 de novembro

GDF - Administrações Regionais

Serviços

Após o administrador Hélio Aveiro entregar um caminhão no último dia 30/09/2019 na residência oficial do governador em Águas Claras, data solicitada pela organização da campanha para a entrega dos brinquedos e livros arrecadados, o administrador não parou! Continuou buscando apoio dos empresários que ainda não tinham participado, e ficaram de apoiar a campanha até o dia 02/10/2019.

Hoje, 04/10/2019, o administrador, entregou o restante dos brinquedos arrecadados, e foi recebido pelas coordenadoras da campanha – ( fotos ) – “ Vem Brincar Comigo ”, com muita alegria!

Foram entregues um total de 1.657 brinquedos. 

O administrador Helio Aveiro, é uma pessoa muito conhecida no SIA – Setor de Indústria e Abastecimento, há mais de 50 anos. Vindo da iniciativa privada, sua história de sucesso se mistura com o início do SIA nos anos 60.

E neste sentido, agradece o total apoio dos empresários do SIA, e de diversas pessoas que também participam na campanha “ Vem Brincar Comigo ”, planejada pela Primeira-Dama do DF, Mayara Noronha, em comemoração ao Dia das Crianças.

Foram distribuídas 15 caixas em empresas do SIA para arrecadar brinquedos e livros, que na qual, serão doados para crianças em situação de vulnerabilidade. A campanha “ Vem Brincar Comigo ”será encerrada com uma grande ação no dia das crianças, 12 de outubro, com diversas ações de lazer e sociabilidade educativa.

O tema “ Vem brincar comigo”, remete a uma frase dita pelas próprias crianças quando chamam as outras ou mesmo os adultos para brincar. Este slogan também permite que as pessoas que participarem com doações possam convocar as outras para a campanha, repetindo a frase: “vem brincar comigo”, ou seja, venha participar dessa campanha de arrecadação remetendo a uma frase dita pelas próprias crianças quando chamam as outras ou mesmo os adultos para brincar.

A Campanha está sob a coordenação da Secretaria de Governo com apoio da Subsecretaria da Criança da Secretaria de Justiça.

 

Mais Informações:

61 3425 4728

agendadamadf@gmail.com

 

LINK:

RELEASE DIA DAS CRIANÇAS – PRIMEIRA DAMA DO DF

 

FOTOS DA ENTREGA DOS BRINQUEDOS E COORDENADORAS DO PROGRAMA CAMPANHA “ VEM BRINCAR COMIGO ” PLANEJADA PELA PRIMEIRA-DAMA DO DF MAYARA NORONHA EM COMEMORAÇÃO AO DIA DAS CRIANÇAS.

 

Segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. Tempo máximo de espera de 30 minutos, conforme Lei distrital n° 2.547/2000. As gestantes, as mães com crianças no colo, os idosos com idade igual ou superior a sessenta e cinco anos e as pessoas com deficiência física terão atendimento prioritário nos estabelecimentos comerciais, de serviços e similares de acordo com a lei n° 4.027/2007.

Endereço da Administração Regional do SIA

SIA trecho 08 – Lotes 125/135

Estacionamento para carros e motos.  Próximo à  Feira dos Importados.

 

O BRB CONVENIÊNCIA CHEGOU HOJE 10/09/2019 – NA ADMINISTRAÇÃO REGIONAL – E PERMANECERÁ JUNTO COM O PROJETO DETRAN NAS CIDADES QUE SE INSTALA AMANHÃ 11/09/2019 E AMBOS PERMANECEM ATÉ O DIA 13/09/2019 NO ESTACIONAMENTO INTERNO DA ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO SETOR DE INDÚSTRIA E ABASTECIMENTO.

   

 

CONVENIÊNCIA MÓVEL BRB
 
Comodidade e facilidade para efetuar suas transações bancárias em diversos pontos do DF.
 
Para estar cada vez mais próximo de você, o BRB disponibiliza a Conveniência Móvel BRB. São vans, que estacionam em diversos locais de Brasília, para atender as suas necessidades em qualquer dia da semana, fim de semana e feriado e, com horários flexíveis. Saiba mais sobre os principais serviços oferecidos:
 
•    Saques, Depósito, Consulta de Saldo, Extrato mensal;
•    Pagamento de Benefícios INSS (aposentados e pensionistas) e Programas Sociais;
•    Recebimento de Contas
•    Captação de propostas de abertura de conta corrente e poupança, tanto para PF, quanto para PJ;
•    Captação de propostas, para: Cartões BRBCARD/ Seguros / Consórcio.

 

_________________________________________________________________________________________________

 

DETRAN NAS CIDADES
 
O Departamento de Trânsito do Distrito Federal lançou, no dia (16) de julho de 2019, o PROJETO DETRAN NAS CIDADES.
 
A autarquia utilizará um ônibus equipado para realizar atendimentos presenciais, oferecendo consulta de débitos, impressão de boletos e emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).
 
O BRB Móvel e empresas de parcelamento também participarão do projeto, a fim de possibilitar o pagamento de eventuais débitos, permitindo a regularização e emissão do CRLV no mesmo dia.

A ideia é oferecer o serviço de emissão do CRLV 2019 sem que o cidadão tenha que se deslocar até um posto de atendimento, já que se aproxima o início da cobrança do licenciamento, que ocorrerá em setembro.

A cada semana o ônibus estará em uma região administrativa (RA), na seguinte ordem:

Guará, Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Riacho Fundo II, Santa Maria, Núcleo Bandeirante, SIA, Estrutural, São Sebastião e Varjão. E, posteriormente, nas demais que tiverem interesse em receber o projeto.

O projeto estará à disposição da sociedade entre julho e novembro – período de maior procura nos postos para a emissão do documento do ano vigente – e permanecerá nas RA’s conforme a demanda da região. Haverá atendimento humanizado para pessoas com mobilidade reduzida.

Calendário do final da placa do veículo

A fiscalização do licenciamento de 2019 seguirá o calendário definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A exigência terá início no 1º dia de cada mês, a começar de setembro, conforme o final da placa do veículo.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, transitar com o veículo não licenciado é considerado infração gravíssima e resulta em sete pontos na CNH, recolhimento do veículo e multa de R$ 293,47.

 

Algarismo final da placa

Prazo final para renovação

1 e 2

1º de setembro

3, 4 e 5

1º de outubro

6, 7 e 8

1º de novembro

9 e 0

1º de dezembro

 

NO SIA O PROJETO DETRAN NAS CIDADES está programado no calendário oficial e divulgado no site do DETRAN DF, para a data nos dias 11, 12 e 13 de Setembro, de 9h às 12h30 e de 13h30 às 17h.

 

SERVIÇO:

O quê: BRB CONVINIÊNCIA DIA: 10/09/2019 E PROJETO DETRAN NAS CIDADES DIA: 11/09/2019 – AMBOS ATÉ O DIA 13/09/2019
Onde: ADMINISTAÇÃO REGIONAL DO SETOR DE INDÚSTRIA E ABASTECIMENTO
Quando: BRB CONVINIÊNCIA DIA: 10 À 13/09/2019 – PROJETO DETRAN NAS CIDADES DIA: 11 À 13/09/2019
Horário: das 9h às 12h30 e de 13h30 às 17h.
Endereço: SIA TRECHO 08 – LOTES 125/135 – CEP: 71.205-080 – BRASÍLIA – DF

Para ter acesso ao organograma da nova estrutura de unidades administrativas e cargos da Administração Regional SIA, clique no link abaixo:

Organograma 2017_PDF

Regimento interno RA Decreto Nº 38.094 28.03.2017

 

Atualizado em 28 de junho de 2018.

Plano Plurianual de 2018

PPA UO – 59131 e Ano Base – 2018

 

Abaixo segue Plano Plurianual com principais resultados alcançados pela Administração do SIA 

PPA UO – 59131 e Ano Base – 2018

Relatórios de Desempenho Físico-financeiro por Programa de Trabalho – Fonte: SAG – Sistema de Acompanhamento Governamental

 

Portal da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal

http://www.seplag.df.gov.br/planejamento-e-orcamento/planejamento-governamental.html

 

Atualização em 28 de junho de 2018

A Administração Regional do SIA, bem como as demais Administrações que não possuem um Regimento Interno próprio são regidas pelo Decreto nº 16.247 de dezembro de 1994.

Regimento interno RA Decreto Nº 38.094 28.03.2017

Cria a Região Administrativa do SIA.

LEI-DF-03618-2005 – criação da RA XXIX

 

Atualizado em 25 de outubro de 2017

Regimento interno RA Decreto Nº 38.094 28.03.2017

GABINETE

Gabinete – GAB – Responsável pela emissão da Redação Oficial, controle de documentação, controle de arquivos e numeração dos documentos do Gabinete.

Comunicação Social – ASCOM – Promove a comunicação e a divulgação institucional.

Assessoria Técnica – ASTEC – Prestar orientação jurídica à Administração Regional.

Ouvidoria – OUV – Coletar demandas, é um espaço para organização da comunidade entre cidadão e o Governo, que garante aparticipação popular, a tranparência e auxilia na eficiência da prestação de serviços públicos registrando demandas e encaminhando para os orgãos responsável.

Coordenação de Administração Geral – COAG – Assessoria do coordenador de Administração Geral, responsável na emissão de documentos e executar tarefas internas e externas.

Gerência de Políticas Sociais – GEPOS –  Engloba toda área social da cidade e associações ligadas com a Cultura e Esporte, destina as demandas recebidas para o órgão responsável.

Coordenadoria Executiva – COEX – Assessoria do coordenador executivo, responsável pelo licenciamento, execução de projetos e tarefas externas.

Atualizado em 28 de Junho de 2018

Para ter acesso ao organograma da nova estrutura de unidades administrativas e cargos da Administração Regional SIA, clique no link abaixo.

Organograma 2017_PDF

Prezado Cidadão,

Informamos que este órgão não possui despesas realizadas com diárias e passagens.

Atenciosamente,

Administração Regional do SIA

 

Atualizado em 13 de Junho de 2018

Carta de Serviços ao Cidadão é um instrumento de controle social que facilita a sua participação nas ações e programas do Governo do Distrito Federal. Nela você encontrará informações claras e acessíveis sobre os serviços prestados por cada órgão e entidade Distrital. Bem informado, você poderá avaliar os compromissos assumidos pelo Governo em relação aos serviços que presta. Após sua leitura, solicite, questione e colabore. As informações irão facilitar seu dia a dia.

Dê sua opinião

– Participe da pesquisa e colabore com o aprimoramento das Cartas de Serviços ao Cidadão – clique aqui.
– Para registrar reclamação, sugestão, elogio ou informação sobre qualquer Carta de Serviços acesse o sistema de Ouvidoria Ouv-DF clique aqui.

Dê sua opinião
– Participe da pesquisa e colabore com o aprimoramento das Cartas de Serviços ao Cidadão – clique aqui.
 
– Para registrar reclamação, sugestão, elogio ou informação sobre qualquer Carta de Serviços acesse o sistema de Ouvidoria Ouv-DF clique aqui.

O SIA nasceu antes mesmo da capital ser inaugurada. Era nessa região que os construtores da cidade armazenavam material para as obras. Em seguida, as empresas foram se instalando no SIA. Em 1967, foi cedida uma parte do SIA para a construção do Guará, que hoje é uma importante Região Administrativa do DF.

O governo resolveu construir a área habitacional para abrigar justamente os trabalhadores da região, além de funcionários públicos e moradores de invasões e núcleos provisórios. Foi assim que, no dia 21 de abril de 1969, foi inaugurada a cidade. No dia 31 de agosto de 1973, o decreto n.º 2.356 criou a Administração Regional do Setor Residencial Indústria e Abastecimento (SRIA), composto pelo Guará I e II.

Somente em 25 de outubro de 1989, a partir do decreto n.º 11.921, a cidade perdeu a denominação SRIA para tornar-se oficialmente a cidade satélite do Guará.A partir de então, a cidade ampliou sua área de 8,6 mil Km² para 45.460 Km² e passou a compreender os setores de Indústria e Abastecimento (SIA), de Transporte Rodoviário e Cargas (STRC), de Oficinas Sul (SOF Sul), de Clubes, Estádios e Esportivo Sul (SCEES) e de Áreas isoladas Sudoeste (SAI-SO) – setor em que se encontram o Carrefour e o Park Shopping. Em 14 de julho de 2005, a partir do decreto nº 3618, o Setor de Indústria e Abastecimento ganhou sua primeira administração, sob o comando de Marcelo Amaral. Atualmente, a Administração Regional é responsável pelos trechos de 1 a 17, o Setor de Inflamáveis (SIN) e o Setor de Transporte Rodoviário de Cargas (STRC).

 

 

 

 

Segue o LINK para baixar:

CARTA DE SERVIÇOS – ADM SIA – 2019

Serviço de Protocolo da Administração do SIA
Requerimento Para Assuntos Diversos
 
O interessado deverá preencher a solicitação de acordo com o assunto a ser tratado.
É necessário anexar cópia do RG, e procuração se for o caso. Toda a documentação será encaminhada à Assessoria Especial do Gabinete.
Horário de Atendimento: 8h às 18h, em dias úteis
Atendimento telefônico: 3403.6900
 
Requerimento Para Aprovação de Projeto
 
Este requerimento será encaminhado a CAP e deverá ser Preenchido pelo interessado solicitando a aprovação e anexando a seguinte
  • Título de propriedade do imóvel registrado em Cartório de Registro de Imóveis ou Contrato com a Administração pública ou documento por ela formalmente (cópia autenticada);
  • Uma via ART responsável técnico pela obra e de autoria dos projetos, registrada no CREA/DF;
  • Documentos Pessoais;
  • Dois jogos de cópias dos projetos de arquitetura;
 
Requerimentos Padrão Para Fins de Alvará de Construção
 
O interessado deverá preencher e anexar a seguinte documentação:
  • Taxa de execução de obra ou NADA Consta AGEFIS;
  • Título de propriedade do imóvel registrado em Cartório de Registro de Imóveis ou Contrato com a Administração pública ou documento por ela formalmente reconhecido (cópia autenticada);
  • Dois jogos de cópias dos projetos de arquitetura, um jogo de fundação e um jogo de instalações prediais (elétrica/hidráulica/ telefone);
  • Uma via ART responsável técnico pela obra e de autoria dos projetos, registrada no CREA/DF;
  • Um jogo de cópias de projeto de prevenção de incêndio aprovado, quando previsto a legislação específica do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal/CBMDF. O interessado deverá entregas as Plantas até 60 dias após a expedição do Alvará
 
Requerimento Para Carta de Habite-se
 
Deverá  ser  preenchido  pelo  interessado solicitando o desarquivamento do processo ou a localização do mesmo. Caso tenha sido enviado para a CAP – Central de Aprovação de Projeto, a Administração solicita a devolução do mesmo para fins de liberação de Carta de Habite-se. Anexar também os seguintes documentos:
  • Declaração de Aceite da CEB;
  • Declaração de Aceite da CAESB;
  • Nada consta da AGEFIS
  • Um jogo projetos de instalações prediais (elétrica/hidráulica/ telefone)
 
Requerimento de Demolição
 
O requerimento de Demolição pode ser solicitada na CAP e na própria Administração do SIA, porém, será encaminhado a CAP.
  • Preenchido pelo interessado e anexado a seguinte documentação:
  • ART registrada no CREA/DF;
  • Taxa de Demolição AGEFIS
  • Planta Arquitetônica.
 
Entrada Para Alvarás de Funcionamento
 
O interessado deverá realizar a conferência dos documentos necessários para o pedido de Alvará de Funcionamento na NULAE/ GELIC nesta Administração Regional. O mesmo se dirige ao Protocolo para autuação, onde será informado o número do processo e telefone da Gerência para acompanhamento do trâmite.
 
Vistas e Cópias de Processos
 
O interessado preencherá o REQUERIMENTO PADRÃO       PARA        ASSUNTOS       DIVERSOS solicitando a pesquisa no arquivo e informando o número ou endereço a que se refere o processo e se pretende tirar cópias do mesmo, e de acordo com a Lei 12.527, conhecida como a Lei de Acesso à Informação Pública, o cidadão tem direito a solicitar informações pertinentes aos órgão públicos desde que não sejam sigilosas, diante disso, para que faça vistas a um processo é solicitado ao interessado que apresente a seguinte documentação:
  • Documento de Identificação com foto;
  • Caso não seja o proprietário, é solicitado que apresente Carta de Preposto, Procuração específica para representar o interessado em órgãos e repartições públicas;
  • Trazer documentos originais e cópias para serem anexados ao processo para fins de futuros esclarecimentos;
  • No caso de solicitação de cópias, o interessado deverá procurar o protocolo da Administração Regional do SIA.
  • Ressalta-se que a solicitação de cópia do processo é autorizada pela Assessoria Técnica.
  • Após autorização, será designado um servidor para acompanhar o interessado para tirar cópia da planta.
O interessado arca com as custas das cópias caso exceda o número máximo de 50 laudas, bem como, cópias de Plantas. 
 
Manutenção e Limpeza Urbana
 
Consiste na conservação das vias, calçadas e canteiros, bem como retirada de resíduos sólidos depositados em locais impropriados. Esses serviços serão prestados à comunidade do SIA sem nenhum custo. No tocante ao depósito de resíduos sólidos em local inadequado, embora a Administração Regional providencie a retirada, este não deverá voltar a ocorrer, sob pena de notificação e aplicação de multa. A Administração definiu que os resíduos sólidos serão encaminhados para o lixão da Estrutural. Além disso, serão realizadas campanhas de fiscalização e conscientização da população sobre o tema.
 

Formas de Acesso
 
Para ter acesso ao serviço, o cidadão entra em contato com a Administração por meio dos seguintes canais:
  • Por meio do telefone: 162
  • Ouvidoria da Administração do SIA trecho 08 – Lotes 125/135
  • Alô Administrador – Telefone: 3403.6900
  • Oficio protocolado na Administração
 
Licenciamento     Para      Funcionamento      de  Atividades Econômicas ou de Atividades Sem Fins Lucrativos NULIO – Núcleo de Licenciamento de Obras
  1. Alvará de Construção;
  2. Documentos e Requisitos Necessários
 
Requerimento, taxa de execução de obra ou nada consta da AGEFIS: Título de propriedade do imóvel registrado em Cartório de Registros; Dois jogos de cópias dos projetos de arquitetura; um jogo de fundação e um jogo de instalações prediais (telefônica, hidrossanitárias, elétrica); uma via do ART ou RRT do responsável técnico pela obra.
  • Prazo de Execução: 10 dias
  • Mecanismo de comunicação: presencial
  • Horário: 08h às 18h
  • Autorizações diversas para utilização de área pública (eventual);
  • Documentos e Requisitos Necessários
  • Requerimento padrão;
  • Croqui da área;
  • Documento do interessado
  • Pagamento da taxa de área pública.
 
b) Emissão de Carta Habite-se
 
  • Documentos e Requisitos Necessários
  • Requerimento padrão;
  • Carta de aceite da Caesb;
  • Projeto de instalação e fundação;
  • Escritura registrada em Cartório de Imóveis;
  • Taxa e nada consta da AGEFIS.
  • Aceite da CEB
  • Declaração Corpo de Bombeiro
  • Declaração NOVACAP
  • Certidão de ônus
  • RIT – Relatório de impacto de transito
  • Vistoria da AGEFIS
  • Em caso de projeto acima de 1000.00m², será obrigatório a exposição de uma obra de arte
  • Prazo de Execução: 10 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Presencial.
  • Horário: 08 às 18h
 
 
 

c) Emissão de Taxa para utilização de área pública
 
• Documentos e Requisitos Necessários
Termo de permissão de uso; pagamento da taxa de utilização de área pública.
  • Prazo de Execução: 02 dia
  • Mecanismo de Comunicação: Via telefone ou presencial.
  • Horário: 08 às 18h
  • Autorização de demolição
  • Documentos e Requisitos Necessários
  • Requerimento padrão; ART ou RRT do responsável técnico pela demolição; cópia do documento do proprietário; cópia da certidão de ônus ou da Carta de Habiti-se.
  • Prazo de Execução: 05 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Via telefone ou presencial.
  • Horário: 08h às 12h
 
NULAE – Núcleo de Licenciamento de Atividades Econômicas – 3403.6909 3403.6916
 
Horário de Atendimento: 08 às 18h
a) Consulta Prévia;
*Solicitação pelo site da Administração Regional, na área de Consulta Prévia para Licença de Funcionamento.
  • Prazo de Execução: 7 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Via telefone, pessoalmente ou Internet (admsiaxxixnulae@gmail.com).
  1. Licença/Alvará de funcionamento
Requerimento padrão, consulta prévia deferida; documentos do interessado ou procurador; procuração, contrato social; contrato de locação; declarações de responsabilidade; vistorias; CNPJ; nada consta da AGEFIS; comprovante de pagamento de TFE, CFDF(Inscrição Estadual) entre outros.
  • Prazo de Execução: 10 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Presencial
 
c) Licença Eventual
*Requerimento padrão; oficio protocolado na Vara de Infância e Juventude; ofício protocolado
na Secretaria de Segurança Pública do DF; autorização de utilização de área ou documento de posse do imóvel; cópia do contrato social; certidão da Receita Federal; certidão da Secretaria de Fazenda; nada consta da AGEFIS; taxa de funcionamento do estabelecimento; CNPJ, CPF e RG; memorial descritivo dos eventos; croqui do local do evento; termo de declaração de responsabilidade, declaração da defesa civil e bombeiro, entre outros, dependendo do tipo de evento.
  • Prazo de Execução: 05 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Presencial
 
NUTOP – Núcleo de Topografia e Desenho Técnico
  1. Levantamento de Cota de Soleira;
  • Requerimento Padrão
  • Prazo de Execução: 7 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Presencial b) Desenho Técnico
  • Requerimento Padrão
  • Prazo de Execução: 07 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Presencial
c) Levantamento Topográfico/Demarcação
 

  • Requerimento Padrão
  • Prazo de Execução: 05 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Presencial
Gerência de Obras – GEOB
*Solicitação de serviços de recolhimento de entulho; poda; tapa buraco; recolhimento de galhos, através de requerimento padrão.
  • Prazo de Execução: 10 dias
  • Mecanismo de Comunicação: Via ouvidoria – 162 ou presencial
  • Endereço: SIA trecho 08 – Lotes 125/135 – CEP: 71.205-080
  • Horário: 08h às 18h
 

LEIS:

> Regime Jurídico do GDF 

(LEI COMPLEMENTAR Nº 840 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011)

Sistema de Gestão de Ouvidoria SIGO-DF

(LEI Nº 4.896, DE 31 DE JULHO DE 2012)

Lei de Acesso à informação – Federal

(LEI FEDERAL Nº 12.527/2011)

Lei de Acesso à informação – Distrital

( LEI Nº 4.990, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2012)


DECRETOS:

Supervisão técnica e a orientação normativa da STC – DF

(DECRETO Nº 32.840, DE 06 DE ABRIL DE 2011)

Fraseologia anticorrupção em editais de licitação, contratos – GDF

(DECRETO Nº 34.031, DE 12 DE DEZEM-BRO DE 2012)

Credenciamento de segurança e tratamento de informação

(DECRETO Nº 7.845, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2012)

Garantia do sigilo dos dados para o cidadão

(DECRETO Nº 24.582, DE 11 DE MAIO DE 2004)


INSTRUÇÃO NORMATIVA

Disciplina a realização da investigação preliminar no âmbito dos órgãos e entidades da Administração Dire-ta e Indireta do Poder Executivo

 

(INSTRUÇÃO NORMATIVA N° 4, DE 13 DE JULHO DE 2012)

A região administrativa do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) completou 55 anos no dia 14 de julho. Para a comemoração do aniversário da cidade, a administração regional ofereceu café da manhã na entrada principal da feira da cidade (Feira dos Importados).

O SIA nasceu antes mesmo da capital ser inaugurada. Era na região que os construtores da cidade armazenavam material para as obras. Aos poucos, as empresas foram se instalando na região.

Em 1967, foi cedida uma parte do SIA para a construção do Guará. O governo resolveu construir a área habitacional para abrigar justamente os trabalhadores da região, além de funcionários públicos e moradores de invasões e núcleos provisórios. Foi assim que, no dia 21 de abril de 1969, Brasília foi oficialmente inaugurada.

Em 14 de julho de 2005, a partir do decreto nº 3618, o Setor de Indústria e Abastecimento ganhou sua primeira administração. Atualmente, a administração regional é responsável pelos trechos de 1 a 17, o Setor de Inflamáveis (SIN) e o Setor de Transporte Rodoviário de Cargas (STRC).

A RA XXIX é responsável por 56% da arrecadação de ICMS do DF. São mais de 82 mil trabalhadores, 4.347 empresas de grande, médio e pequeno porte. Cerca de 300 mil pessoas circulam pelo SIA diariamente.

O Distrito Federal foi a primeira unidade federativa a entregar uma obra realizada com recursos do PAC Copa. A passagem subterrânea do Balão Sarah Kubitschek, que dá acesso ao Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek, inaugurada nessa segunda-feira (5), foi entregue mais de um mês antes da Copa do Mundo. O túnel já foi liberado e beneficiará em torno de 100 mil motoristas que passam diariamente pela região.

A obra, que conta com 700 metros de extensão, sendo 300 metros de área coberta, inclui duas vias marginais no trecho do Balão ao Aeroporto, que separam o trânsito local das vias expressas, além do túnel do balão e a restauração asfáltica de todo o trecho. Serão beneficiados, principalmente, os moradores do Park Way, Núcleo Bandeirante, Lago Sul, motoristas sentido saída sul, além dos usuários do aeroporto.

"Foram investidos no local R$ 54 milhões, 40% a menos do previsto. E pretendemos utilizar essa economia fazendo mais uma obra próxima ao aeroporto também. Essa é uma bela obra que será aproveitada durante esse grande evento esportivo, mas que ficará como legado à população da cidade", afirmou o governador Agnelo Queiroz.

De acordo com o diretor do DER, Fauzi Nacfur, começará a ser construído, assim que acabarem os eventos relativos à Copa do Mundo, outro viaduto, com o nome de Ferradurinha. "O objetivo é eliminar os dois retornos que ficam localizados após o Balão do Aeroporto. Não começamos sua construção antes porque sabíamos que não conseguiríamos entregar antes da copa, o que causaria mais transtorno sem necessidade", declarou.

Foram plantadas um total de 700 mudas em substituição às 67 retiradas para a realização da obra. "Compensamos com dez vezes mais plantas. Foram 400 mudas de ipês das cores branca, roxa e amarela, 250 palmeiras e 47 flamboyants. E esse paisagismo foi entregue um mês antes do prazo, que seria junho. Um pedido que quero fazer à população é que respeite o que é construído em benefício de todos", ressaltou o vice-governador, Tadeu Filippelli.

Árvores
A Novacap fez o projeto de paisagismo para o local. Em novembro de 2013, 67 árvores da espécie sibipiruna foram retiradas do canteiro central da Estrada Parque Aeroporto para realização das obras do Expresso DF Sul. Elas foram replantadas no Viveiro II da Novacap. As sibipirunas têm, em média, 50 anos, e fazem parte da história de Brasília.

O QUE É COLETA SELETIVA?

Coleta seletiva é o recolhimento de materiais recicláveis (papel, plástico, metal e vidro) que não devem ser misturados ao lixo comum das residências ou local de trabalho. Trata-se de um cuidado dado ao resíduo que começa com a separação dos materiais em orgânicos e inorgânicos, e, em seguida, com a disposição correta para o reaproveitamento e reciclagem.

 De forma a sensibilizar as pessoas para questão do correto tratamento que os resíduos sólidos produzidos no dia-a-dia devem receber, seja nos ambientes públicos ou privados, a coleta seletiva também funciona como um processo de educação ambiental, na medida em que conscientiza as pessoas sobre os problemas do desperdício de recursos naturais e da poluição causada pelo lixo. 

 Os principais benefícios da implantação da Coleta Seletiva são: 

 • Ambientais: 

 – Aumento da vida útil dos aterros sanitários, a partir da diminuição de resíduos que deixarão de ir para estes locais;

– Aumento do ciclo de vida das matérias-primas de cada resíduo coletado e reaproveitado;

 • Sociais: 

 – Geração de trabalho e renda aos catadores de materiais recicláveis;

– Resgate da cidadania dos catadores por meio de sua organização em cooperativas e associações.

 • Educacionais:

 – Estímulo à mudança de hábitos e valores no que diz respeito à proteção ambiental, conservação da vida e desenvolvimento sustentável.

 • Culturais:

 – Criação de novas práticas de separação dos resíduos, considerando que os materiais recicláveis permeiam por todas as atividades sociais.

 • Econômicos:

 – Redução de gastos com aterramento dos resíduos;

– Diminuição de gastos com a limpeza pública;

 

RECICLAGEM
É o processo de transformação de um material, cuja primeira utilidade terminou, em outro produto. Além de preservar o meio ambiente, a partir do momento que minimiza a retirada de nova matéria prima, também gera riquezas aos catadores de materiais recicláveis.

Materiais recicláveis:

Plásticos:

– Garrafas, embalagens de produtos de limpeza;

– Potes de creme, xampu, condicionador;

– Tubos e canos;

– Brinquedos;

– Sacos, sacolas e saquinhos de leite;

– Isopor.

Metais:

– Molas e latas;

– Latinhas de cerveja e refrigerante;

– Esquadrias e molduras de quadros.

Papel e papelão

– Jornais, revistas, impressos em geral;

– Papel de fax;

– Embalagens longa-vida.

Vidros:

– Frascos, garrafas;

– Vidros de conserva.

Materiais não recicláveis:

 – Cerâmicas;

– Vidros pirex e similares;

– Acrílico;

– Lâmpadas fluorescentes;

– Papéis plastificados, metalizados ou parafinados (embalagens de biscoito, por exemplo)

– Papéis carbono, sanitários, molhados ou sujos de gordura;

– Fotografias;

– Espelhos;

– Pilhas e baterias de celular (estes devem ser devolvidos ao fabricante);

– Fitas e etiquetas adesivas.

 

RESÍDUOS SÓLIDOS

Quando falamos em resíduos sólidos, estamos nos referindo a algo resultante de atividades de origem urbana, rural, industrial, de serviços de saúde, entre outros.

Esses materiais gerados nessas atividades são potencialmente matéria prima e/ou insumos para produção de novos produtos, ou ainda, fontes de energia.

Ao separamos os resíduos, estamos promovendo o primeiros passo para sua destinação adequada, permitindo assim, várias frentes de oportunidades como: a reutilização, a reciclagem, melhor valor agregado ao material a ser reciclado e melhores condições de trabalho para os catadores de materiais recicláveis. Outras frentes são a compostagem, o aumento do tempo de vida dos aterros sanitários e menor impacto ambiental quando da disposição final dos rejeitos.

 

O que é uma Central de Triagem?

É o local para onde são encaminhados os resíduos da coleta seletiva. Este material previamente separado e coletado em residências e comércios será dividido de acordo com a tipologia, para depois ser prensado e, posteriormente, comercializado para as indústrias recicladoras.

A central de triagem é destinada às cooperativas e associações de catadores que hoje trabalham coletando materiais recicláveis no aterro sanitário, órgãos governamentais, e até mesmo, nas quadras residenciais e comerciais do Distrito Federal.

 

RESÍDUOS NÃO RECICLÁVEIS

O Serviço de Limpeza Urbana orienta aos cidadãos responsáveis pela destinação final dos resíduos sólidos que separem estes materiais de duas formas: seco e orgânico. São considerados materiais orgânicos: papel-carbono, etiqueta adesiva, fita crepe, guardanapos e papel toalhas usados, fotografias, filtro de cigarros, papel sujo ou engordurado, fraldas descartáveis, copos de papel, embalagem emplastificadas, cabos de panela e tomadas, clipes, grampos, esponjas de aço, canos, espelhos, cristais, cerâmicas, porcelana, gesso, além do resto de alimentos de origem vegetal e animal.

 

COMPOSTAGEM

O lixo orgânico é o lixo que pode ser transformado em composto orgânico, ou seja, por meio de um processo chamado compostagem, vira adubo que pode ser utilizado em hortas e jardins. É o material separado na triagem dos resíduos não recicláveis e feito basicamente como sobras de alimentos, cascas de frutas e legumes, folhas e plantas.

 

LÂMPADAS

As lâmpadas fluorescentes são constituídas por material tóxico, como o vapor de mercúrio muito nocivo a saúde humana e ao meio ambiente. Portanto, seu descarte não pode ser feito no lixo comum e sim entregue no local onde foi adquirido. Algumas empresas, como Leroy Merlin, Carrefour e grandes atacadistas, recolhem em pequenas quantidades as lâmpadas de seus clientes.

Já o Serviço de Limpeza Urbana está atento ao acordo setorial em discussão entre o Ministério do Meio Ambiente e empresas fabricantes de lâmpadas fluorescentes, que estabelecerá as competências e deveres de todos os interessados.

 

PNEUS

Um dos grandes problemas quando se fala em resíduos sólidos são os pneus. Apesar de já existirem inúmeras alternativas para minimizar os impactos negativos desse material ao meio ambiente, os pneumáticos descartados indiscriminadamente podem causar grande prejuízo à vida humana, pois, além de seu tempo de degradação ser indeterminado, eles podem contribuir para assoreamentos e enchentes, além de servir de abrigo para o mosquito da Dengue.

Por força da Lei 12.305 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e, consequentemente a Logística Reversa, que determina a obrigatoriedade do recolhimento dos pneumáticos por seus produtores, o Serviço de Limpeza Urbana – SLU, mantém uma parceria com a empresa Reciclanip, que recolhe todo este material produzido no Distrito Federal. Assim, o SLU disponibiliza locais (Núcleo de Limpeza do Gama, Sobradinho e Asa Norte) para a entrega dos pneus usados e inservíveis, além de fazer a coleta diária quando há o descarte em locais impróprios.

 

LIXO ELETRÔNICO

Lixo Eletrônico é todo resíduo produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos, como: computadores e periféricos (teclado, monitor, mouse, webcam), telefones, celulares, pilhas, baterias,  televisores, câmeras fotográficas, impressoras.

O Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal disponibiliza 13 núcleos em algumas regiões administrativas, onde funciona o Ponto de Entrega Voluntária (PEV), destinado a receber o lixo eletrônico.

 

Cuidados com o lixo doméstico

Simples lâmpadas, copos, louças e embalagens de vidro podem não parecer perigosos, mas são um risco em potencial, já que podem quebrar com o manuseio. É preciso procurar um material mais rígido para o acondicionamento, como jornal, papelão, latas, garrafas pet ou mesmo embalagens de leite. Os cacos de vidro podem ser embalados dentro de latinhas de leite em pó ou achocolatado. Outra possibilidade é cortar uma caixa de leite ao meio, promovendo um encaixe.

Materiais perfurantes como pregos, parafusos, arames e, até mesmo, as lascas de madeiras, devem ser colocados em latas, embalagens plásticas ou embrulhados em grandes volumes de jornal. Quanto aos pregos e parafusos, é interessante entortá-los com martelo, sempre que possível. A tampa serrilhada da lata de conserva também pode machucar e a recomendação é dobrá-la para dentro, pois assim a serrilha estará protegida pela própria lata. E por fim, caso o volume do lixo seja excessivo ou muito pesado, deve-se utilizar dois sacos para acondicioná-lo.

 

Locais e horários de coleta no S.I.A

 

Trechos 1/2/3 – Seguanda e quarta – 15:00 às 17:00

Trecho 4 / Setor de Inflamáveis / Setor de Chácaras Lucio Costa – Seguanda e quarta – 17:00 às 19:00

QD 1 a 5 / Trecho 6 – Terça e quinta- 15:00 às 17:00

Trecho 8 a Trecho 17 / Setor de Carga / Ceasa / Conab – Terça e quinta – 17:00 às 19:00

 

Mais informações: http://www.slu.df.gov.br/gestao-de-residuos/coleta-seletiva.html

 

 

Fonte: SLU

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros